domingo, 7 de dezembro de 2008

CONCURSO DE CARTÃO DE NATAL APAE DE TAPIRA

















Aconteceu no dia 27/11 de 2008 na cidade de Tapira o Concurso Regional de Cartão de Natal edição 2008/2009. Foi um evento muito especial para todas as APAEs do Conselho Regional de Umuarama. Estavam presentes 13 cidades com os trabalhos dos alunos.

terça-feira, 21 de outubro de 2008

DICAS - O retorno das embalagens retornáveis


O retorno das embalagens retornáveis




As embalagens retornáveis estão voltando. Será por pressão de diversas instituições ou porque, para a indústria, é mais fácil e mais interessante retornar do que reciclar. Leia a matéria abaixo. Só não vale ficar indiferente a essa questão tão importante!

A era da embalagem descartável pode estar com os dias contados. A indústria de embalagens, cada vez mais pressionada pela legislação, por consumidores e ONGs por causa da produção de resíduos e seu descarte inadequado no ambiente, ensaia uma volta às origens. Segundo especialista, a embalagem do futuro será durável e poderá ser reutilizada inúmeras vezes, em um ciclo fechado de produção e consumo.
"É o fim da era do descartável. Haverá um retorno à embalagem durável e reutilizável'', diz Martin Bunce, especialista em design sustentável e diretor da Tin Horse, empresa de design britânica que tem entre os clientes gigantes como Unilever, P&G, Coca-Cola e Electrolux.
Segundo Bunce, o conceito de redução do desperdício de embalagens está tomando corpo entre as empresas de bens de consumo e de bens duráveis. Bunce afirma que as novas embalagens, que já começam a chegar às mãos dos consumidores na Europa, Japão e Estados Unidos, unem conhecimento de ponta ao tradicional. "As pessoas gostam das coisas novas, mas também apreciam as antigas.

Lembra quando costumávamos retornar os vasilhames de bebida? Eles estão de volta." "Os recursos naturais são finitos, as matérias-primas estão encarecendo e nosso padrão de consumo está transformando as cidades em enormes lixeiras. Os anos de desperdício estão no fim, e a indústria terá de se adaptar a essa realidade."
Por outro lado, Bunce critica a postura de muitos defensores de práticas mais sustentáveis na indústria de declarar guerra a produtos ou tipos de materiais - é o caso, segundo ele, das sacolas plásticas dos supermercados, na berlinda em várias regiões do planeta. "Essa campanha não faz muito sentido porque as sacolas são reutilizadas para outros fins, o que é um atributo de sustentabilidade."

Segundo ele, do ponto de vista ambiental não faz muita diferença se a embalagem é de vidro, plástico ou alumínio - desde que sua vida útil seja ampliada.

http://www.setorreciclagem.com.br/index.php

domingo, 19 de outubro de 2008

MESTRE


”Mestre é aquele que estende a mão,
inicia o diálogo e encaminha
para a aventura da vida.

Não é o que ensina fórmulas, regras,
raciocínios, mas o que questiona
e desperta para a realidade.

Não é aquele que dá de seu saber,
mas aquele que faz germinar
o saber do discípulo”.
Feliz Dia Dos Professores!!!"

quinta-feira, 16 de outubro de 2008

quarta-feira, 15 de outubro de 2008

DIA DO PROFESSOR - 15 DE OUTUBRO

A data é um convite para que todos, pais,
alunos, sociedade, repensem nossos papéis
e nossas atitudes, pois com elas demonstramos
o compromisso com a educação que queremos.

Aos professores, fica o convite para que não
descuidem de sua missão de educar, nem
desanimem diante dos desafios, nem deixem
de educar as pessoas para serem “águias” e
não apenas “galinhas”. Pois, se a educação
sozinha não transforma a sociedade, sem ela,
tampouco, a sociedade muda.

(Paulo Freire).
Feliz Dia Dos Professores!!!
PARABÉNS A TODOS EDUCADORES...

PARABÉNS PROFESSOR

BJOS 1000 NEIA

segunda-feira, 22 de setembro de 2008

PRIMAVERA...CHEGOU....


GANHEI ESTA FOTO DA MINHA AMIGA LIVINHA...ELA FOI A ARTISTA NO DIA 22/09/2008
Aprendi com a primavera; a deixar-me cortar e voltar sempre inteira.
Cecília Meireles

domingo, 7 de setembro de 2008

PENSAMENTO



Cartões Animados
www.cartooes.com

DICAS - POR QUE PAPEL RECICLADO É MAIS CARO? -

Por que papel reciclado é mais caro?


Custa mais caro "recriar" o papel do que fabricá-lo a partir de matéria-prima virgem
Por Ricardo Ricchini

Ninguém pergunta "por que produto orgânico é mais caro, já que nem agrotóxico usa?" Todo mundo sabe que o esforço para manter o vegetal sadio, sem pesticida, é ainda mais custoso.

No caso do papel reciclado, o princípio é o mesmo. É mais caro "recriar" o papel do que fabricá-lo a partir de matéria-prima virgem.

Quando pensamos em papel reciclado, sempre é no papel bonito e ecológico que o banco imprime, mas papel reciclado de verdade, aquele que vem do lixo, vira papelão, papel higiênico, papel de embrulho... esses sim com custo benefício ótimo... sem marketing para endeusá-lo ou confundí-lo.

O papel reciclado para impressão é um produto nobre, feito de aparas selecionadas de gráficas e papel de escritório, misturado com fibras e com a reutilização de sobras da própria indústria que o produz.

O Setor Reciclagem já tratou do assunto várias vezes, mas como as dúvidas ainda são grandes, aí vão os
10 motivos porque o papel reciclado é mais caro
(com direito a links para aprofundar a leitura).

1 - Já existe um processo de fabricação centenário de fabricação de papel "virgem". A fabricação de papel reciclado para impressão é relativamente nova, precisa de tempo para se estruturar e ser competitiva.

2 - Na verdade, comparar papel virgem com papel reciclado (para impressão) é covardia. O papel reciclado faz parte de uma categoria diferente, denominada Papéis Especiais. Há alguns anos, só haviam papéis reciclados importados, caríssimos, sem acesso ao usuário comum. É ótimo que essa situação esteja mudando, mas o papel reciclado que estamos nos acostumando a ver ainda é um pouco mais caro.

3 - Há pouca concorrência no mercado de papel reciclado para impressão. Com mais empresas fabricando, o preço deve cair.

4 - Se você separar os papéis do resto dos resíduos que gera, estará ajudando a baratear o custo do papel reciclado, pois a limpeza e triagem (separação) são dois dos ítens que encarecem a reciclagem.
Leia mais sobre o assunto em Dicas para escritórios

5 - Quando você compra papel, paga imposto. Quando ele é transformado em papel reciclado, uma nova carga de impostos é gerada, para o papel que já estava taxado...

6 - O papel reciclado está basicamente restrito ao uso corporativo. Enquanto for produto de um nicho de mercado, mantém-se com valor mais alto.
Leia mais sobre o assunto em Empresas mantêm venda de reciclados

7 - A coleta seletiva no Brasil ainda é relativamente pequena, o que gera um custo alto para coletar e selecionar os materiais recicláveis.
Leia mais sobre o assunto em Reciclagem de papel: verdades e mitos

8 - O processo de reciclagem implica em: coletar, selecionar, limpar, revalorizar, reproduzir, comercializar. Para tudo há um custo. Pense que em vez do fabricante ou comerciante estar querendo levar vantagem na "onda ambiental", talvez precisem agregar valor para comercializar um produto mais caro.

9 - Existem diversos tipos de papéis recicláveis, cada um tem seu valor, seu grau de impureza. Qualquer fardo de papel com materiais proibitivos em quantidade maior que a especificada pode torná-lo não reciclável. Ou seja, o trabalho de separação/classificação é grande mesmo só entre papéis. Todo processo criterioso tem custo elevado.
Veja a quantidade de tipos de papéis lendo a matéria Valor das aparas

10 - O uso do papel é tão difundido que ninguém imagina viver sem ele. Isso mantém um custo relativamente baixo para promover o papel em campanhas de marketing. No caso do papel reciclado, quem pode faz o que pode para divulgar o papel: campanhas de publicidade que, além do tradicional, envolvem ações sociais, permutas... Quem não pode, vende menos. Esses fatores podem encarecer o produto final.

Por Ricardo Ricchini - administrador do Setor Reciclagem, sócio da Criatura comunicação, empresa que usa e incentiva o uso do papel reciclado para seus clientes.

sábado, 30 de agosto de 2008

FERA COM CIÊNCIA 2008

Aconteceu de 25 a 29 de agosto de 2008 na cidade de Maringá o FERA COM CIÊNCIA 2008 um Projeto muito especial da educação do Paraná. Mais de 3.500 alunos reunidos num evento de educação,arte e cultura... Nós estavamos lá... apresentando o Projeto Papel Artesanal com Fibras de Bananeira, foi muito visitado e prestigiado, por todos que por lá passaram.

FERA COM CIÊNCIA 2008


EU ESTAVA LÁ........... VALEU O APRENDIZADO, A CANSEIRA, OS NOVOS AMIGOS, O ALOJAMENTO, A ALIMENTAÇÃO, O PESSOAL DO NÚCLEO, VALEU TUDO...VALEU ESTAR LÁ.

SÍMBOLO DO EVENTO...


símbolo do evento...espalhado por todos os lados.